PINTXOS #1 – Zona Vieja, San Sebastián

74b95-sem2bnome.png
Are you in San Sebastián? Or are you planning to visit this city? Either cases, you wonder which bar and kind of pintxos you should be eating in the old town?!
Look no further! I have already talked about my favorite bar  here, but today I will share the first post of some possible choices to do the traditional donostia “picoteo” (eating pintxo).
Está em San Sebastián? Ou  planeia visitar esta cidade? E quer saber que tipo de bar e pintxos deve comer na cidade velha?!

Não procure mais! Já falei sobre o meu bar favorito aqui, e hoje apresento o primeiro post da rubrica pintxos com algumas escolhas possíveis para o tradicional ”picoteo” donostiarra (comer pintxos).

1. GANDARIAS
Adress: Calle 31 Agosto, 23
PintxoGildas donostiarras (olives, cantabrian anchovies, basque chillies with txakoli, sidra or white wine sauce).

Morada: Calle 31 Agosto, 23
Pintxo: Gildas donostiarras (azeitonas, anchovas do cantábrico, pimentos bascos com molho de txakoli, sidra ou vinho branco).
Gilda donostiarra
2. A FUEGO NEGRO
Adress: Calle 31 Agosto, 31
Pintxo: MacKobe con txips (a mini orange hamburger bread, with a kobe beef portion, red onion and salad. With some chips of banana).
Morada: Calle 31 Agosto, 31
Pintxo: MacKobe con txips (hambúrguer em pão laraja com carne kobe, cebola vermelha e alface. Acompanhado com umas chips de banana).
MacKobe
 
3. BORDA BERRI
Adress: Calle Fermín Calbetón, 12
PintxoCarrilera de ternera al vino tinto (cow with red wine), risotto de hongos (mushroom risotto), foie. Overall it is a good place to eat all kind of meat pintxos.
Morada: Calle Fermín Calbetón, 12
Pintxo: Carrilera de ternera al vino tinto (vaca com vinho tinto), risotto de hongos (risotto de cogumelos), foie…Em geral, é um bom local para comer carnes.
Carrillera de ternera al vino tinto

4. LA CUCHARA DE SAN TELMO
Adress: Calle 31 Agosto, 28

Pintxo: Everything! Foie, carrilera de ternera al vino tinto (cow with red wine), oreja de cerdo (pork ear), rissoto, bacalao (cod fish), atún (tuna), pulpo (octopus)…
Morada: Calle 31 Agosto, 28
Pintxo: Tudo! Foie, carrilera de ternera al vino tinto (vaca com vinho tinto), oreja de cerdo (orelha de porco), risottobacalao (bacalhau), atún (atum), pulpo (polvo)…
 Atún
Foie 
Bacalao 
 
5. LA VIÑA
Adress: Calle 31 Agosto, 3
Pintxo: Tarta de queso (cheesecake).
Morada: Calle 31 Agosto, 3
PintxoTarta de queso (bolo de queijo).

Tarta de queso


Carina lives in San Sebastián and this is just her opinion.
Carina vive em San Sebastián e esta é, apenas, a sua opinião.

 

Saturday in photos | Fotos de sábado

Atari Gastroteka again with a wonderful company: an italian, an indian, my boyfriend and I.
We went to Donostia old town and ate in Atari Gastroteka. We ordered some pintxos. Here you have the photos of some of them with their description.
Is anything better than eating and being with those we like? 😉
Este sábado, eu e o meu namorado voltamos ao Atari Gastroteka, mas com dois amigos: um italiano e um indiano.
Fomos até à zona velha de Donostia e acabamos por jantar no Atari Gastroteka.
Pedimos uns pintxos. Seguem as fotos com a sua descrição.
Há algo melhor que comer e estar com aqueles que gostamos? 😉
Bonito, basque peppers, anchovies and olives (the plate that was missing here, in my previous post of this pintxos bar)
Atum, pimentos bascos, anchovas e azeitonas (o prato que estava em falta neste post, deste bar de pintxos)
Octopus with  roasted potatoes
Polvo com batatas assadas
Cow’s Beef
Bife de Novilho
Potatoes puree
Puré de batatas

Donostia & Atari Gastroteka’s Pintxos

Hey there! Last friday we went for a stroll in San sebastián. We did some shopping and then we decided to dine in Atari Gastroteka bar, located in the old town.
We opted for some tapas (pintxos). I ate a small plate with bonito, basque peppers, anchovies and olives (not in the picture); a handmade foie gras with raisin and walnut bread; and divided a grilled prown brochette with cider vinaigrette with my boyfriend. He took a grilled foie gras with white chocolate cream and sweetcorn, and picked two distincts pintxos from the counter.
We paid about 28€, with two wine glasses included, and it was the best pintxos we ate so far in Donostia. They were flavorous!
With a small donostia movie I finish today’s post :). Have a nice week!

Olá! Na passada sexta-feira fomos fazer umas compras na zona central de San Sebastián, e no fim aproveitamos para ir jantar ao Atari Gastroteka bar, localizado na parte antiga da cidade.
Decidimos comer umas tapas (pintxos). Eu escolhi um prato de bonito com pimentos bascos, anchovas e azeitonas (ainda não tinha chegado quando tirei a foto); um foie artesanal num pão de pasas e nozes; e uma brocheta de lagostins com vinagreta de cidra, a qual  dividi com o meu namorado. Ele optou por um foie na “plancha” com creme de chocolate branco e milho doce; e dois pintxos distintos que escolheu da panóplia de tapas que se encontravam no balcão.
Pagamos cerca de 28€, com dois copos de vinho incluídos, e foi sem dúvida (até ao momento) os melhores pintxos que comi em Donostia. Estavam deliciosos!
Com um pequeno filme de Donostia termino o post de hoje :). Tenham uma boa semana!

Pintxos in San Sebastián – Spain

Last friday I went to the old town of San Sebastián to lunch some Pintxos. There could be many reasons to do so, but this time it was special: it was my boyfriend’s birthday.
His day started with me taking proper care of him. I made a breakfast for champions, with all that he deserves (fruits, nuts, orange juice, a caring coffee, croissant, bread, scrambled eggs, cheese and ham); at midday we ate some pintxos, in the afternoon we tasted a pavlova double chocolate cake and we dine in a fancy restaurant.
San Sebastián is well know for its gastronomy, and the number of restaurants and bars here is just beyond count. The best ones are in the old town (”parte vieja”), but its difficult to choose where and what to eat. In a tipical bar, there are many different pintxos on the balcony; you get in and choose what you want, pick it, pay it and eat it there, at the balcony.
I will try to describe what we ate last Friday. But pay attention, this is a tasty but too strong food and with many calories, it is not to eat every day.
Na sexta-feira passada fui almoçar uns pintxos à zona velha de San Sebastián. Foi um dia muito especial, o meu namorado fez anos.
Para celebrar o dia fiz um pequeno almoço ”à fartazana”, tal como ele merece (com fruta, nozes, sumo de laranja, café, croissant, pão, ovos mexidos, queijo e fiambre), ao meio-dia almoçamos uns pintxos, ao lanche deliciamo-nos com uma pavlova de chocolate e para terminar o dia jantamos num bom restaurante.
San Sebastián é bastante conhecido pela sua gastronomia e possui um sem número de restaurantes e bares. Os melhores encontram-se na zona vieja, mas a dificuldade reside em escolher onde e o que comer. Num bar típico, há sempre imensos pintxos depositados sobre o balcão; só é necessário escolher, pegar, pagar e comer.
Vou tentar descrever o que comemos na sexta. Mas atenção, os pintxos são uma boa opção de comida rápida e saborosa mas muito forte e bastante calórica, não é para comer todos os dias.
In this first photo we can see 3 pintxos. Starting from the left to right and the top to buttom: the first pintxo is made of bread, a stuffed red pepper with atuna, green pepper and olive oil; the second one is made of bread, foie gras, onion, pepper (red and green) and cheese cream or mayonnaise with olive oil; and the last pintxo is made of bread, ham, olive, onion, pepper (red and green) and cheese cream with olive oil.
Nesta foto observamos 3 pintxos. Começando da esquerda para a direita e de cima para baixo: o primeiro pintxo é composto por pão, pimento vermelho recheado de atum, pimento verde e azeite; o segundo é feito de pão, foie gras, cebola, pimento (vermelho e verde) e creme de queijo e maionese com azeite; e o restante é composto de pão, presunto, azeitona, cebola, pimento (vermelho e verde) e creme de queijo com azeite.
Starting from the left to right and the top to buttom: the first pintxo is a tart with russian salad, mayonnaise, eggs, cream cheese and a shrimp; the second one is made of bread, a sausage (this sausage had rice, pork meat and blood) and  marmalade; and the last pintxo is made of bread, a stuffed smoked salmon with cheese cream and some sesame seeds.
Nesta segunda fotografia, começando da esquerda para a direita e de cima para baixo: o primeiro pintxo é uma tarte recheada de salada russa com maionese, ovos, creme de queijo e um camarão; o segundo é feito de pão, chouriça (com arroz, carne e sangue de porco) e marmelada; e o último pintxo está elaborado com pão, salmão fumado recheado de creme de queijo com algumas sementes de sesámo.

A pensar nas férias… #2

Continuando com o post de ontem, hoje vou falarmos das minhas ideias para um almoço perto da Praia das Catedrais (Ribadeo) e em A Coruña. 
Consoante o decorrer do 2º dia de viagem, decidiremos em qual dos lugares nos vamos sentar para almoçar. Como não somos adeptos de banhos-de-sol prolongados, creio que conseguiremos ver e torrar um pouco na Praia do Silêncio pela parte da manhã e chegar à das Catedrais por volta da hora do almoço. Se optarmos por almoçarmos a horas tardias, como os espanhóis, com certeza que podemos ir almoçar em A Coruña, caso contrário é capaz de ficar um pouco apertado. Mas irei considerar ambas as hipóteses e há sempre a possibilidade de ir manjar a sobremesa noutro local.
Segue os resultados das minhas pesquisas.


Ribadeo (Praia das Catedrais):

– La Solana
Para peixe fresco e marisco, paelha, carne de boi e vitela asturiana.

C/ Antonio Otero, 41. Muelle de Porcillan. 27700 Ribadeo (14km a este da Praia das Catedrais)
25-40€
http://www.lasolanarestaurante.com

– San Miguel
Especialistas em peixe fresco e marisco.
Puerto Deportivo, s/n. 27700 Ribadeo (13km a este da Praia das Catedrais)
35-60€

http://www.restaurantesanmiguel.org

Arroz de Lavagante- La Solana

A Coruña:

– A Taberna de Cunqueiro
Para degustar comida tradicional galega.  
Rua Estrella, 22. 15003 A Coruña
15-40€
– Adega O Bebedeiro
Pratos típicos, desde o polvo galego à vitela galega. (Mais recomendado para jantar)
Calle Ángel Rebollo, 34. 15002 A Coruña
20-40€
Para tomar um café, numa das principais avenidas da cidade, temos o Marita Ron, actualmente restaurado e com mais de 150 anos de existência. 
 
E é tempo de seguir viagem.
 
(Ref. Bibliográfica: http://www.tripadvisor.es/Restaurant_Review-g609028-d2359352-Reviews-La_Solana_Restaurante-Ribadeo_Lugo_Province_Galicia.html#LIGHTBOXVIEW)

A pensar nas férias…

Pretendo fazer um circuto pela costa norte espanhola, neste verão.
Para o 1º dia vamos levar farnel, mas esperamos chegar em Gijón perto da hora de jantar. 
Neste momento estava a ver bons locais para saborear uma boa comida, à noite ou de manhãzinha.
Um dos ingredientes que raramente falta na cozinha de Gijón é o queijo. Alguns dos mais populares são: o  Gamoneu, Los Beyos e o Oscos
Um dos pratos mais consumidos pela maioria das famílias de Gijón é a Caldereta, uma refeição que anteriormente era elaborada em grandes caldeirões. Consiste num guisado de peixes e mariscos, temperado com legumes como pimentão, tomate e cebola, juntamente com limão e vinho. 
Gijón também se destaca pelo seu chouriço asturiano (com um aroma forte, fumado e com uma pitada de colorau) e pelas suas morcelas.
A bebida dominante, tal como no pais basco, é a Sidra.
Caldereta
 
Não estou a contar ir a um restaurante Michelin ou algo da mesma fasquia, quero um restaurante central, com comida agradável e típica, e se possível a um preço apetecível.
Não foi fácil, parece-me tudo bastante caro e da minha pesquisa, ficam algumas ideias:
– Sidreria La Galana
Beber umas sidras, na zona velha da cidade, e comer comida local.
Plaza Mayor 1033201 Gijón
12€-40€
 Auga
Comida tradicional, perto do porto de Gijón, com boas vistas. 
37 -60€
Claudio Alvargonzález 33201 Gijón
 Ciudadela
Tapas e pratos tradicionais.
Menú: 16€-45€. Carta: 31€-58€
Capua 7 33202 Gijón
http://www.restauranteciudadela.com/
Quanto a doces e guloseimas a coisa tornou-se mais fácil. Gijón conta com 65 pastelarias, é uma das cidades de Espanha com mais pastelarias por metro quadrado.
Das sobremesas típicas de Gijón destaca-se o Frixuelo, feito com farinha, leite e ovos. A maneira tradicional de comer esta sobremesa é em rolos, quente é ainda melhor (tipo crepe). Outra sobremesa famosa é a Casadiella, um tipo de pastel de farinha de trigo com sabor de anis e recheado com nozes, avelãs e açúcar. 
Mas, e como escolher a pastelaria para provar estas tentações? Não é preciso escolher! Gijón dá-nos a oportunidade de percorrer 5 ou 10 das melhores pastelarias da cidade e comer um doce em cada uma delas, por apenas 7 ou 13 €. Como? Fácil. Basta adquirir numa das Oficinas de Turismo de Gijón, ou via online, o cartão “pastelarias pass”. Há duas opções, um de 5 degustações e outro de 10. Vem com um mapa com indicação dos estabelecimentos e um pequeno guia com a informação sobre as pastelarias participantes e os doces que se debem provar.
 
As Pastas de Noz  e as Princesitas da Confitería La Playa, as Casadielles da Pastelería Biarritz, o Amagüestu do Pomme Sucre, as Telhas de Amêndoa da Confitería La Fé ou o Semi-frio de Arroz com Leite da Casa do Chocolate, são algumas das delicatessen que se podem saborear.
Casadielles
Há alguém que já tenha ido a Gijón, o que aconselham? Obrigada.
 
No dia seguinte ainda não me decidi onde deveremos almoçar, mas vou fazer o trabalho de casa e dentro de dias faça um update.

Madrid: Food

Se vai a Madrid não se esqueça de ver o meu roteiro para os dias 1, 2, 3 e 4, e ainda onde pode tomar os melhores pequenos-almoços. Mas, e para almoçar ou jantar?
Madrid tem uma grande variedade de oferta a preços acessíveis. Desde sandes, tortilhas, tapas, à famosa paelha valenciana. Poderá encontrar menus económicos em muitos restaurantes ao virar de cada esquina. Ficam aqui algumas dicas:
 
Para um menu a preço económico:
– Plaza Mayor tem uma vasta gama de restaurantes. Servem menus por um preço médio de 15€. É sempre uma boa opção. 
 
Para comer umas tapas:
– Casa Alberto (Calle Huertas, 18. Bairro das Letras. Metro: Antón Martín).
– Casa Labra (Calle Tetuán, 12. Metro: Sol).
– Mercado de San Miguel (Metro: Sol).
 
Para “bocatas”:
– Cervecería 100 Montaditos. Existem imensas espalhadas pela cidade.
– “Bocata” de calamares, na zona da Plaza Mayor (Metro: Sol).
– “Bocata” de jamón, no Museo do Jamón (Metro: Sol).
 
Se quiser comer o típico cozido madrileño:
– Na Plaza Mayor há algumas opções baratas. Para opções mais caras, em restaurantes selectos e bem decorados, vá ao Lhardy (Carrera de San Jerónimo, 8. Metro: Sol).
 
Depois tem sempre as companhias de fast-food e restaurantes como o hard rock café, para almoçar como se estivesse nos Estados Unidos. 
cozido madrileño (delicioso!!)
Carina visited Madrid in May, 2014.
Carina visitou Madrid em Maio, 2014.

Madrid: Breakfast

Se há coisas que os espanhóis continuam a fazer, mesmo com esta fase de crise, é tomar pequenos-almoços fora e a sua copa quando saem do trabalho. O pequeno-almoço espanhol é simples, muito parecido com o nosso. Torradas e café com leite (cortado, em espanhol) ou churros com chocolate quente compõem a refeição primordial do dia.
Se o pequeno-almoço não estiver incluído no pacote do hotel, durante a sua estadia por Madrid, aproveite para conhecer cafés e pastelarias típicas madrileñas. 
A minha sugestão:

 

1. Pastelaria la Mallorquina

Direcção: Puerta del Sol, 8Metro: Sol.

Pastelaria localizada no coração de Madrid, ao pé da Puerta del Sol, desde 1894. A sua especialidade, e o doce que merece a ida lá, é a napolitana de chocolate (aka pain au chocolat) ou de creme. 

2. Chocolateria San Ginés 

Direcção: Pasadizo de San Ginés, 5. Metro: Sol.

Para os adeptos de churros. Este estabelecimento fornece, há mais de um século, chocolate quente e espesso à espanhola ou mais leve à francesa, acompanhado com churros.

3. Café Comercial

Direcção: Glorieta de Bilbao, 7. Metro: Bilbao.

Este é um dos cafés mais antigos da capital, fundado em 1887 (época da restauração em Espanha). Localização de encontros literários no período pós-guerra. Para um pequeno-almoço com história.

4. Café El Espejo

Direcção: Paseo de Recoletos, 31. Metro: Colón.

Possui uma bela fachada envidraçada e o seu interior é bastante acolhedor. Café de estilo art-nouveau.
É um ponto de encontro clássico e histórico de artistas, intelectuais e empresários. 
5. Le Pain Quotidien

Direcção: 
C/ Serrano, 27. Metro: Serrano.
C/ Fuencarral, 95. Metro: Tribunal.
C/ Velázquez, 92. Metro: Núñez de Balboa
C/ Gran Vía, 46. Metro: Callao
Capitán Haya, 26. Metro: Cuzco

É uma padaria com a sua sede em Bruxelas, mas mesmo não sendo madrileña de gema vale a pena visitar. Os produtos são frescos, artesanais e com ingredientes 100% ecológicos. Existe uma variedade de oferta para o pequeno-almoço que eu demorei uns 15 minutos a escolher o que queria. E tudo com um aspecto delicioso.
Entre a oferta é possível escolher: uma cesta de pão (composta por pão centeio, espelta, uvas passas, multi-cereais, azeitonas, nozes) acompanhada com manteiga, doce de abóbora e de morango, chocolate branco ecológico; uma porção de baguette de pão de trigo, centeio, espelta, multi-cereais, azeitonas ou nozes; croissant ecológico; croissant integral; pain au chocolat ecolológico; brioche de manteiga ecológico;  muffins; scone de aveia; salada de frutas;  iogurte ecológico de morangos com doce de agave; granola ecológica com leite ou leite de soja; granola com iogurte natural ecológico e frutas frescas; gofre belga com frutas frescas; ovos passados; ovos com espinafres e salada holandesa; croissant com presunto e queijo emmental; baquete integral com tomate e azeite; salmón…
Como eramos dois, mandamos vir uma cesta de pão (mas chegou e sobrou, dá bem para umas 4 pessoas). Eu acompanhei com um iogurte com morangos e doce de agave que estava divinal e o meu namorado optou por um sumo de laranja. 
É caro, mas não deixem de lá ir um dia, vale bem a pena!
Aproveitem!

Carina visited Madrid in May, 2014.
Carina visitou Madrid em Maio de 2014.

Pintxos

Hoje é dia de falar de comida.
Ontem fiz anos e como tal, o dia mereceu uma refeição diferente. Resolvi optar por saborear uns pintxos!
Pintxos,típica comida basca, são consumidos em bares ou tabernas e possuem uma certa similitude com as tradicionais tapas espanholas. A principal diferença está, em que os pintxos possuem um palito que os segura a uma fatia de pão e permite o controle, por parte dos empregados, dos itens que o cliente comeu. Estes são dispostos nos balcões das tabernas e é só chegar, pegar e comer.
São servidos em porções individuais, quentes ou frios, e a bebida (normalmente Sidra) está incluída no preço. 
Há uma variedade infindável de tipos e sabores, desde os mais simples aos mais elaborados, dos mais baratos aos mais caros. Podem incorporar qualquer alimento, mas os mais comuns apresentam bacalhau, setas, anchovas, tortilha e pimentos, na sua composição.