MICHELIN STARS #1 – Château De Brindos

It’s been almost two years since I tried my first gastronomic michelin menu.
The chosen restaurant is located at Château de Brindos, in Anglet, near Biarritz (France), and has one Michelin Star.
You can eat or/and stay at the château (we did both 🙂).
It is a gem in the southwest of France, definitely worth the try.

Unfortunately I didn’t take pictures of all the dishes, specially the desserts (Ohh…those sweet desserts!). This day my husband (boyfriend at that moment, and fiance after the dinner :p ) and I celebrated 5 years of relationship. The chef was kind enough to make us a special plate of desserts.

So, what can I say about my first Michelin experience?

1 – The tasting menu was composed by dishes selected by the Chef. Before the dinner he asked us what we didn’t like/eat or which allergies we had, and after that he surprised us.
(I can’t detail everything I ate because I don’t remember; however I promise that my future Michelin posts will be more sharp).
2 – It was expensive, for sure not for all kind of pockets, but once a year why not? (If you don’t waste money in bars/discos, or music concerts or even futebol…why should we not spend in food?!)
3 – Made me more aware and demanding about food (for me, eating out now can be a big problem. An “Okish” food is no longer worth my bucks! For you to understand my point, keep in mind that for my wedding I decided to trade a big wedding event for a very small one, but eating at a one michelin star restaurant – bad food is as bad as having bad music and can really destroy an event that should be memorable.
Nowadays I’m that kind of paltry people with food).
4 – Generated me the desire to experience more restaurants with this peculiar culinary touch and flavours.
I always will remind the first bite, and the taste felt; each one in its a proper order, like piano notes playing, all making perfect sense, just like a song. It just makes want for more.
5- Besides the food, the restaurant space isn’t so somptuous, but has breathtaking views to a lake and is inserted in a glamorous château.

All I can say is that it was one of the best places I have ever stayed and ate. So far 🙂

Há quase 2 anos tive a minha primeira experiência gastronómica num restaurante michelin.
O restaurante escolhido está inserido no Château de Brindos, em Anglet, próximo de Biarritz (França), e goza de Uma Estrela Michelin.

É possivel comer e/ou ficar hospedado neste château (nós fizemos as duas coisas 🙂).
É uma jóia no sudoeste de França e, definitivamente, merece uma visita.


Infelizmente, não tirei fotografias de todos os pratos, especialmente das sobremesas (Ohh…aquelas doces sobremesas!). Neste dia, eu e o meu marido (namorado naquele momento, e noivo após o jantar: p) comemoramos 5 anos de relacionamento. O chef foi super atencioso e ofereceu-nos um prato especial de sobremesas.

Mas, o que posso dizer sobre a minha primeira experiência Michelin?
 
1 – O menu de degustação era composto por pratos selecionados pelo chef. Antes do jantar, ele perguntou-nos se havia algum alimento que não pudéssemos comer; e, a seguir, surpreendeu-nos.
(Não consigo detalhar tudo o que comi, porque já não me recordo, no entanto prometo ser mais precisa nos meus próximos posts Michelin).
2 – Foi caro, com certeza que não é para todos os bolsos; mas uma vez por ano, por que não? (Se não gasta em bares / discotecas, festivais ou mesmo futebol…porque é que não pode gastar em comida?!)
3 – Fez-me mais consciente e exigente no que concerne a comida (para mim, comer fora agora pode ser um grande problema. Um prato “Ok” pode não ser suficiente. Para entender o meu ponto, tenha em mente que para o meu casamento decidi trocar um grande evento por uma festa íntima e fazer o copo de água num restaurante com uma estrela Michelin – comida fraca é tão mau quanto má música e pode, realmente, destruir um evento que deve ser memorável. Hoje em dia eu sou esse tipo de pessoa “mesquinha” com os alimentos).
4 – Gerou-me o desejo de experimentar mais restaurantes com este toque peculiar de sabores.
Vou-me lembrar sempre da minha primeira garfada michelin. Cada sabor a chegar um a um, numa ordem precisa como se se tratasse de uma nota de piano a ser toca à vez; e no final, uma explosão sensorial, em que tudo interligado fazia “mais” que sentido, tal como uma música bem tocada.
5 – Para além da comida, o espaço de restaurante não é tão sumptuoso assim, mas a vista para o lago é deslumbrante e o castelo em que está inserido é glamoroso.
Tudo o que posso dizer é que foi um dos melhores lugares que já me hospedei e comi. Até agora:)


Carina visited Château de Brindos in October 2014, and this is just her opinion.
Carina visitou Château de Brindos em Outubro de 2014, e esta é, apenas, a sua opinião. 

 

Biarritz

Hello everyone! Today I will share with you my last saturday experience. We enjoyed a good lunch and a tasty brownie in a centenary maison of Biarritz (France). After that we took a walk through the town and then we went to Grande Plage. The Grande Plage is one of the six beaches of Biarritz, it is sited on the north edge of the old town by the famous casino. With its golden sand, beautiful views and famous backdrop, people come in their droves to see and be seen.
Before we came back home my boyfriend decided to eat a basque cherry pastry and buy a good bordeaux wine (of course we drank it on saturday’s dinner).
Biarritz is a surf spot and most of the people who go there are english. It has the young spirit, the typical french atmosphere, good food and nice boulangeries and all usual shops near the beaches. It is a nice place to go in holidays and to relax!
Olá a todos! Hoje partilho com vocês o meu sábado passado. Desfrutamos de um bom almoço e de um saboroso brownie numa maison centenária de Biarritz (França). Depois disso, exploramos a vila e seguimos para a Grande Plage. A Grande Plage é uma das seis praias de Biarritz, que está situada na borda norte da vila onde se insere o famoso casino. Com a sua areia dourada, belas vistas e o famoso pano de fundo, as pessoas vão para verem e serem vistas. 
Antes de voltarmos, o meu namorado decidiu provar uma tarte basca de cereja e comprar um bom vinho de Bordéus (o qual ingerimos no sábado ao jantar). 
Biarritz é um local de surf e a maioria das pessoas que lá vão são inglesas. Inala um espírito jovem e possui a típica atmosfera francesa, há boa comida, boulangeries agradáveis e as tradicionais lojinhas de praia. É um lugar agradável para ir em férias e para relaxar! 

Biarritz

Por impulso, sem planearmos, resolvemos parar em Biarritz na viagem de regresso desde Bordéus.
Estava um tempo bastante agradável, o termómetro marcava acima dos 22º C, havia gente a apanhar banhos sol, ingleses na rua e esplanadas cheias. Já cheirava a verão!
 
Biarritz, localizada na costa basca, no sul da Aquitânia, conhecida sobretudo pelos seus surfistas, é uma pérola no sudoeste francês.
 
Ficam as fotos, a chamar o calor e o verão!

 

 

 

Carina visited Biarritz, for the 1st time, in April, 2014.
Carina visitou Biarritz, pela primeira vez, em Abril de 2014.