GHENT & BRUSSELS during Christmas Time

 

DSCF3860

One year ago, during my stay in Aachen, I managed to sneak in a one weekend trip to Belgium.
I already had been to Belgium before (namely Brussels, Bruges, and Antwerp). This time, the main purpose of the visit was to meet up with old friends. We used the time to catch up with old times, and we still managed to see some well-known attractions.

We arrived in Brussels during Christmas time. Three smells abound during this time of the year: the smell of chocolate, gingerbread, and Christmas markets; all of this will cheer your spirit up! 🙂

Once in Brussels, we headed to “Chez Leon” to eat  buttery mussels with fries.
During the afternoon we made a pit stop at the famous coffee “À la Morte Subite”. Afterwards, we ate some gaufres with Belgium hot chocolate, and explored the Christmas markets.
We dined in a cozy restaurant at Grande Place, with a magnificent view to the beautiful Christmas tree placed there. In the end, we were able to watch the sound and light show that happens during this time of the year.
Obviously, any good visit to Brussels can not be truly complete without a toast at the “Delirium” Bar. Check!

On the 2nd day,  we decided to get up early and visit Ghent; a quick ride. Belgium is a small country and we can reach the major cities in a short time by train.
In this case, 30 minutes later we were in Ghent.

Ghent, located in the Flemish region, is a university city full of history and beauty.
Once there, we headed to the astonishing old city center, where the iconic Graslei quoi is located. It is the hotspot of the city with beautiful middle-aged (restored) houses on the right bank of the Leie river.
Others highlights included Saint-Nicholas Church, Belfry, Saint Bavo Cathedral, Gravensteen Castle (and many churches). The city has also some good museums, like the Museum of Fine Arts, for those who are fans of the Flemish arts, the Museum of Contemporary Art, and the Design Museum.
After seeing the landmarks we decided to have lunch at the Belgium cuisine capital. We ate a flavorsome Flemish dish along with a Trappist beer. 🙂

Then it was time to go back! Took a good look at my old friends, we hugged and promised many merry things. We are to meet again on some other country, someday! Tot Ziens!

Let me share some pictures of this experience with you. I hope you enjoy them and get the Christmas feeling right away.

GHENT E BRUXELAS NO ADVENTO

Há um ano atrás, durante a minha estadia em Aachen, fiz uma escapadela de fim de semana na Bélgica.
Já a tinha visitado previamente (Bruxelas, Bruges, e Antuérpia) mas desta vez, o próposito era diferente, seria um encontro de amigos! Ainda que, com algumas visitas a locais bem conhecidos.

Chegamos a Bruxelas durante a época natalícia. O seu característico cheiro a chocolate, conjuntamente com o odor de gengibre e dos mercados de Natal incitam  o espírito natalício! 🙂

Uma vez em Bruxelas, dirigimo-nos para o  “Chez Leon“para almoçar os mexilhões com batatas fritas.
Durante a tarde descansamos um pouco no famoso café: “À la Morte Subite”; comemos gaufres com chocolate belga e exploramos os mercados de Natal.
Jantamos num restaurante acolhedor, com vista previligiada para a Grande Place e a sua magnifíca árvore de Natal. No fim, ainda tivemos oportunidade de ver o imperdível espetáculo de luzes e som, que ocorre durante esta época do ano.
A visita a Bruxelas nunca ficaria completa sem um brinde no bar “Delirium”.

No dia seguinte decidimos fazer uma visita relâmpago a Ghent.
A Bélgica é um país pequeno e facilmente explorável por comboio desde Bruxelas.
Neste caso, 30 minutos depois estavamos em Ghent.

Ghent, locatizada na região Flamenga, é uma cidade universitária, repleta de história e beleza.
Chegados a Ghent, encaminhamo-nos para o extraordinário centro histórico onde  se encontra a doca Graslei. É a zona popular da cidade, onde na margem direita do rio Leie se encontram as íconicas casas da idade média (restauradas).
Outros locais a visitar são: a Igreja de S. Nicolau, o Campanário, a Catedral de S. Bavo, o Castelo Gravensteen (e mais igrejas). A cidade também possui bons museus, entre eles: o Museu de Belas-Artes para os fãs de pintura Flamenga, o Museu de Arte Contemporânea e o Museu do Design.
Depois de percorrermos os marcos da cidade decidimos almoçar na capital da cozinha belga. Degustamos um prato flamengo acompanhado por uma cerveja Trapista.

E era hora de regressar! Tot Ziens!

Seguem algumas fotos!

Brussels/Bruxelas

DSCF3882
Brussels Town Hall


Ghent

DSCF3934_HDR
Graslei

Carina visited Ghent and Brussels (2nd time) in December 2016, and this is just her opinion.
Carina visitou Ghent e Bruxelas (2ª vez) em Dezembro de 2016 e esta é, apenas, a sua opinião.

10 THINGS YOU SHOULD (NOT) EAT IN BELGIUM

7d57a-sem2bnome2.png

A trip is never complete without trying local (traditional) food! With all the globalization of products, you get to eat similarly all around the world, decreasing the travelling experience and uniqueness of your destination.  Here go 10 of the main Belgium specialities that I tried and approved (or not) during my trip.

Uma viagem nunca está completa se não se experimentar os sabores locais. Seguem-se 10 iguarias belgas que testei e aprovei (ou não), durante a minha estadia. Atente: 

1. MOULES-FRITES

The most well known belgium dish. Who would have thought that moules and fries would go so well together? I loved it! It is a must try!

O prato belga mais popular. Quem poderia pensar que mexilhões e batatas fritas conjugarar-se-íam tão bem? Aconselho!

2. WAFFLE

This does not require any formal presentation for sweet toothed mouths. The originals!

Dispensa apresentações, para as bocas doces. As originais! 

3. STOVERIJ

Also known as carbonade flamande, it is a traditional beef stew that derives its flavor from being slowly boiled in belgian beer. It is a strong flavoured dish, but it isn’t bad; you should try it even if you are not such a fan of cow meat.

Também conhecida como carbonada flamenga, é um guisado de carne cozido lentamente com cerveja belga. É um prato forte e deve ser experimentado, mesmo para os não amantes de carne de vaca (como eu). 

4. CHOCOLATE

Chocolate, chocolate and more chocolate…  You came to the one country where you can feel its aroma 24 hours a day. Godiva, Neuhaus, Leonidas, among others, are  a right choice. Indulge and let your desire be seduced by it. And this is not the end of it!

Chocolate, chocolate e chocolate… aqui é o lugar onde pode sentir este aroma 24 horas por dia. Godiva, Neuhaus, Leonidas, entre outros, são uma boa escolha para saciar o seu desejo, mas não pare por aqui!

5. SPECULOOS

It is a cookie baked in Belgium, Netherlands and Germany. It is made of flour, sugar, butter, pepper, cinnamon, ginger, cloves, cardamom and nutmeg. I am not a huge fan of cookies, but these ones? I really like them! The balanced ginger makes them a distinct biscuit.

É uma bolacha fabricada na Bélgica, Holanda e Alemanha. É feita de farinha, açúcar, manteiga, pimenta, canela, gengibre, cravinho, cardamomo e noz-moscada. Eu gosto e acho que o gengibre torna este biscoito único.

6. WATERZOOI

Made with chicken (or fish), vegetable broth, egg yolks and cream, it is a boil dish originating from Ghent.

If you want my opinion, skip this dish 🙂 It really adds nothing.

Feito com frango (ou peixe), caldo de legumes, gemas e natas, é um prato cozido originário de Ghent.

Se quer a minha opinião pessoal, salte este prato 🙂 

7. VOL-AU-VENT

A classic belgium dish, vol-au-vent stuffs creamy sauce with chicken chunks, meatballs and mushrooms into a light puff pastry, accompanied with fries. You will have to forgive me, but I didn’t like it at all!

Um prato clássico na Bélgica, vol-au-vent compreende um molho cremoso com pedaços de frango, almôndegas e cogumelos inserido numa massa de pastelaria, acompanhado com batatas fritas.

Desculpem-me, mas não fiquei fã! 

8. FRITES

Belgium claims to have the best fries in the world. It was the first country ever to make them.

Personally, I’m not a big fan of chips, but I gave some a try and they were crusty, dry and tasty. Definitely approved!

Bélgica alega ter as melhores batatas fritas no mundo e foi lá que as primeiras apareceram.

Eu não sou apreciadora de batatas fritas, mas experimentei e posso dizer que são suculentas, estaladiças e sequinhas como se querem. Aprovadas!

9. CROQUETTES

They are typical in Belgium but also in Spain and in many other countries. I tried one and I think that the Spanish ones are equal or better.

São típicos na Bélgica, mas também em Espanha e em muitos outros países. Eu experimentei e acho que os espanhóis conseguem ter tão bons ou melhores. 

10. BEER

Does it need an introduction? There are approximately 180 breweries in this country! You should definitely try them; you have them for all tastes.

Há aproximadamente 180 cervejarias no país. A ida à Bélgica merece umas degustações desta bebida de cevada;  e há para todos os gostos.

Carina visited Belgium on March 2015 and this is just her opinion.

Carina visitou a Bélgica em Março de 2015 e esta é, apenas, a sua opinião.

ANTWERP IN A FLASH – 7 MUST SEES

36210-sem2bnome2.png

Last March I payed a flash visit to Antwerp in my trip between Brussels and Amsterdam. I explored the city in one afternoon.
Although famous for its museums and art, I just saw the more emblematics zones and relaxed a little. Nevertheless, I really loved the city, and I am glad I made a stop there.
If you arrive in the central station and plan to have a short visit, you can make your itinerary following my footsteps.
Em março passado fiz uma paragem em Antuérpia, na viagem entre Bruxelas e Amesterdão. Foi uma visita relâmpago, onde só explorei a cidade numa tarde.
Apesar de ser famosa pelos seus museus e pela arte, só tive oportunidade para ver as zonas mais emblemática e relaxar um pouco. No entanto, valeu a pena a visita.
Se planeia chegar na estação central e tem poucas horas para descobrir Antuérpia, poderá fazer o seu itinerário seguindo os passos abaixo.

1. CENTRAL STATION

Leopold II, in 1905, had this unusual rail station built as a neo-Baroque monument. Many consider it to be on the top 10  most beautiful train stations in the world.
A estação central foi mandada construída em 1905 por Leopold II, é um exemplo de um monumento neo-barroco. É colocada no ranking das 10 estações mais bonitas do mundo.

2. MEIR

If you are a shopper, this is your comfort zone.
Se é apreciador de  ir às compras, esta é  sua zona de conforto.

3. GROENPLAATS

One of the most popular square is the Groenplaats, also known as the Green Square. In the middle of the Groenplaats we can see a statue of Rubens.
If you enjoy a good beer, you can delight yourself in one of the numerous bars terraces. In some of them world famous artists spent their time before putting their hands back to work.
Uma das praça mais populares é a Groenplaats, também conhecida como a Praça Verde. No meio da Groenplaats podemos ver uma estátua de Rubens.
Se gosta de uma boa cerveja, pode deliciar-se numa das inúmeras esplanadas dos bares da praça. Alguns bares são reconhecidos pelos famosos artistas que os frequentavam.

4. CATHEDRAL OF OUR LADY

This beautiful gothic cathedral is an icon of Antwerp, and her watch tower has a height of 120 meters.
A Catedral de Nossa Senhora é um ícone de Antuérpia, e a sua torre do relógio tem uma altura de 120 metros.

4. GROTE MARKT

Located in the heart of the old city, here we can find the City Hall, the so-called houses of the Guilds or corporations, the Brabo fountain (statue created by Jef Lambeaux about a city legend) and a view of the gorgeous cathedral of our lady.
Situada no coração da cidade velha, aqui podemos encontrar a Câmara, associações, a fonte Brabo (estátua criada por Jef Lambeaux, sobre uma lenda da cidade) e visionar a magnífica torre da catedral de nossa senhora.

6. STEEN 

Steen Castle is Antwerp’s oldest building, situated along the river Scheldt. This castle was built in the medieval period as a fortress to keep the Vikings out of the city.
O castelo Steen é o edifício mais antigo de Antuérpia e está situado ao lado do rio Scheldt. Este castelo foi construído no período medieval como uma fortaleza para impedir a entrada dos Vikings na cidade.

7. ST. PAUL’S CHURCH 

This is a gothic and barroco church. Its interior decoration is a proper example of the flemish baroque style in painting, as well as church furniture. It also has an impressive art collection, featuring, among others, paintings by Rubens and Van Dyck.
A Igreja S. Paul é um exemplo da arquitectura gótica e barroca. A sua decoração interior, por sua vez, é do estilo barroco flamengo, visível tanto na pintura como no mobiliário da igreja. Possui uma impressionante coleção de arte de pintores famosos como Rubens e Van Dyck.

Carina visited Antwerp on March 2015 and this is just her opinion.
Carina Antuérpia em Março de 2015 e esta é, apenas, a sua opinião.

BRUGES IN ONE DAY

1780a-p1000489.jpg

Bruges, located in the north of Belgium, is the capital of the West Flanders province.
If Brussels is your base-city, you can reach Bruges by train, each journey taking about one hour and costing around 14€.
Below you can see a possible itinerary for a well spent day in Bruges.
Bruges, localizada no norte da Bélgica, é a capital da província Flandres ocidental.
Se decidir fazer uma viagem de um dia, tendo como a sua cidade base Bruxelas, o comboio é uma boa escolha. Cada viagem demora aproximadamente uma hora e custa cerca de 14 €.
Segue-se um possível itinerário de um dia, em Bruges. 

1. Start at Begijhnof and Minnewater lake

2. Walk through the streets and admire the canals

Beginhof is a calm and beautiful area in Bruges. The Minnewater, also known as the lovely park (the dutch word “minne” means love), is a canalized lake and it is the “main gate” to the wonderful city of Bruges.
Comece pelo bairro Begijhnof e o lago Minnewater. Begijnhof é uma zona de Bruges bastante calma e bela. O Minnewater também conhecido como o parque do amor (a palavra holandesa “minne” significa amor) é um lago canalizado e que serve de entrada para a maravilhosa cidade de Bruges. 

Explore without any rush and let yourself be immersed by the singularity of this small wonderfull world – the small houses, the old fashioned style, the horses, the swans, the chocolate smell, the “Pinocchio” like workshops, etc.

Ande pelas ruas e admire os canais.

Explore a cidade sem qualquer pressa e deixe-se imergir na singularidade deste mundo maravilhoso – as pequenas casas, os cavalos, os cisnes, o cheiro a chocolate, as lojas do ” Pinóquio”, etc.

3. Enter the Church of Our Lady

This church is worth seeing for its “relic”, a white marblesculpture of “the Madonna and Child” created by Michelangelo around 1504 AD. Beeing the master piece, you will have to pay to see it; the rest is free.

Entre na Igreja de Nossa Senhora

O melhor desta igreja é uma escultura em mármore branco,”The Madonna and Child”, criada por Michelangelo  por volta de 1504. Para aceder à ala da igreja onde ela encontra tem de pagar; o resto do espaço é de livre acesso. 

4. Lunch at the Grote Market 

This is the heart of the city. Some historical highlights around the square include the 12th-century Belfort, and the medieval bell tower with its 366 steps.
There you have many restaurants with promenades; relax, lunch and take your time (it isn’t expensive at all).

Almoce na Grande Praça

Este é o coração da cidade. Edifícios históricos ladeiam a praça e um deles é o campanário medieval Belfort, construído no século XII e que conta com 366 degraus.
Poderá aproveitar para almoçar numa esplanada num dos restaurantes da praça (não se preocupe que não são caros). 

5. Stop to drink a beer

Don’t forget to order a traditional Bruges beer. You will not regret. Almost all cities in Belgium have their own brewed local Beer.

Pare e beba uma cerveja

E não se esqueça de pedir uma cerveja tradicional de Bruges. Não se arrependerá. 

6. Visit the Burg Square

The second main square of Bruges is called the Burg. It is the heart of the administrative Bruges. It is bordered on three sides by the Mansion of Bruges, the Civil Registry and Gothic Town Hall, and the Basilica of the Holy Blood (which was the chapel of the Count of Flanders). The fourth side was occupied by the Sint-Donatius Cathedral, destroyed during the French Revolution.

Visite a Praça Burg

A segunda praça principal de Bruges é chamada de Burg. É a praça administrativa. É limitada em três lados pela Mansion de Bruges, o Registro Civil e a Câmara Municipal gótica, e a Basílica do Sangue Sagrado (antigamente capela do Conde de Flandres). O quarto lado foi ocupado pela catedral Sint-Donatus, destruída durante a Revolução Francesa. 

7. And delight yourself with a Liége gofre

It is time to eat a waffle, don’t you think?
Near the burg square you will find the Chez Albert place. Stop and buy a waffle to your taste (I prefere the round liége gofre instead of the square Brussels gofre).

E delicie-se com um gofre de Liége

É hora de comer uma waffle, não acha?
Perto da Praça Burg vai encontar a loja Chez Albert. Pare e compre uma waffle ao seu gosto (eu prefiro os gofres redondos de Liége em vez dos quadrados de Bruxelas

8. With your tummy well served, you can take a tour boat cruise!

De barriga cheia, poderá fazer uma viagem de barco pelos canais de Bruges.

9. Before you leave, don’t forget to buy chocolates

There is no better souvenier than belgium chocolates to take home. You will find a vast amount of chocolate makers – Dumon, Leonidas, La Belgique Gourmande, Mary, among others.
Antes de ir embora, não se esqueça de comprar chocolates. Não há melhor lembrança, para levar para casa, como os chocolates belgas. Vai encontrar uma vasta oferta de casas de chocolates – Dumon, Leonidas, La Belgique Gourmande, Maria, entre outros. 

10. And buy a beautiful wooden toy

If you have a child, buy an amazing hand wood made toy. Be aware that they are a little expensive!

E compre um bonito brinquedo feito à mão, de madeira

Se tem um filho, compre um espetacular briquedo de madeira feito à mão. Mas atenção, eles são um pouco caros.


Carina visited Bruges in March 2015 and this is just her opinion.
Carina visitou Bruges em Março de 2015 e esta é, apenas, a sua opinião.

TOP 10 – BRUSSELS

eec6c-sem2bnome.png

1- GRAND-PLACE

Many consider the central square of Brussels one of the most beautiful in the world, and is without surprise a UNESCO World Heritages site. Also known as Grote markt, it is surrounded by the city’s town hall, the Maison du Roi, several guildhouses and other houses built in Gothic style. It is never enough to remember: see it both during day time and night time.
A praça central de Bruxelas é considerada por muitos uma das mais belas do mundo, e é sem surpresa Património Mundial da UNESCO. Também conhecida como Grote Markt, é cercada pela câmara municipal da cidade, a Maison du Roi, e variadas casas construídas em estilo gótico. Merece ser vista tanto de dia como de noite.

2- CHOCOLATE

Belgian chocolates are the delight of many sweet toothed people, considered by many to be, again, the best in the world. Pralines, ganaches, truffles – there are thousands of varieties to choose from and endless choices can be made. Be sure to take some home to eat and share with your friends and family.
Os chocolates belgas são o deleito de pessoas gulosas, considerados por muitos como os melhores do mundo. Desde pralines, ganache, trufas – existem milhares de variedades para escolher e infinitas opções a serem feitas. Certifique-se de levar alguns para casa, para saborear com os seus amigos e familiares. 

3- MANNEKEN PIS

Don’t forget to pass by this small bronze sculpture, depicting a naked little boy urinating into a fountain’s basin. The 61 cm tall bronze statue is a Brussels’ landmark and was made in 1619 by the sculptor Hieronimus Duquesnoy.
Não se esqueça de passar por esta pequena escultura de bronze, que representa um menino nu urinando numa bacia da fonte. A estátua de bronze de 61 centímetros de altura é um ícone de Bruxelas e foi feita em 1619 pelo escultor Hieronimus Duquesnoy.


4- MOULES-FRITES

Eat the popular Belgium main dish of “mussels and fries”. Don’t let the apparent simpleness fool you: it is a wonderful, tasteful dish.
Coma o popular prato da Bélgica, “mexilhões e batata frita”. Não deixe que a sua simplicidade aparente o engane: é um prato delicioso. 

5- GALERIES ROYAL ST HUBERT

Visit the glazed shopping arcade in Brussels, Galeries Royales Saint-Hubert, which preceded other famous 19th-century shopping arcades such as the Galleria Vittorio Emanuele II in Milan and The Passage in St Petersburg.
Visite a galeria de compras envidraçada, Galeries Royales Saint-Hubert, que precedeu outras galerias comerciais famosas do século XIX, como a Galleria Vittorio Emanuele II em Milão e The Passage, em São Petersburgo

6- BEER

Ever heard of Belgium without having the word “beer” with it? Make a stop at “Delirum café” or in “À la Mort Subite”for instance, and taste a beer.
Já ouviu falar de Bélgica sem ter a palavra “cerveja” associada? Faça uma pausa no “Delirium café” ou em “À la Mort Subite”, por exemplo, e prove uma cerveja à sua escolha.

7- ATOMIUM

The Atomium is a building originally constructed for Expo 58. You can get inside if you want but you have to pay a fee.
Outro marco! O Atomium é um edifício originalmente construído para a Expo 58. É possível visitá-lo interiormente, mas tem um custo associado.

8- WAFFLE

Try the traditional brussels waffle, simple, with glacé or chocolate, with or without ice-cream or chantilly… You also have the largely know Liége waffle. Remember not to count calories and forget your diets!
Experimente a tradicional waffle de Bruxelas, simples, com glacé ou chocolate, com ou sem gelado ou chantilly… Também poderá provar a típica waffle oval, a de Liége. Lembre-se de não contar calorias e esquecer a sua dieta por um dia! 

9- CARTOONS

Brussels is the city of cartoons. It’s the birth city of Luky Luke, Smurfs and Tintin, among others. It’s a form of art imbued in the city’s spirit. You can see them everywhere: facades, statues, display windows and in the comic museum.
Bruxelas é a cidade dos desenhos animados. É a cidade natal do Lucky Luke, Smurfs e Tintin, entre outros. É uma forma de arte imbuída no espírito da cidade. Poderá vê-los em todos os lugares: fachadas, estátuas, montras… e no museu da banda-desenhada. 

10- EUROPEAN COMMISSION

Before coming home make a quick stop in the European commission.
Antes de voltar para casa faça uma paragem rápida na Comissão Europeia.


Carina visited Brussels in March 2015 and this is just her opinion.
Carina visitou Bruxelas em Março de 2015 e esta é, apenas, a sua opinião.